bio

Caio Márcio Santos é bacharel em violão clássico, orientado por Paulo Pedrassoli Jr., e em composição clássica no Conservatório Brasileiro de Música (CBM-CEU). Frequentou cursos complementares de improvisação,  ministrados por Hélio Delmiro, Lula Galvão, Genil Castro e Nelson Faria, assim como cursos de composição e análise musical, com Antonio Guerreiro de Faria and Pauxy Gentil-Nunes. Esta  segunda área de estudos o leva à especialização em composição de trilha sonora original para cinema e televisão. Seu trabalho de performance tem foco no chamado brazilian jazz (jazz brasileiro) e nas demais vertentes que compõe a escola de violão brasileiro. Em 2018 lança o segundo álbum do Rio Jazz4, em parceria com os músicos dinamarqueses Morten Ankarfeldt (contrabaixo) e Christina Von Büllow (saxofone), e ainda com a percussão brasileira de Cassius Theperson.

cv

2020_trilha sonora do longa "Os Espetaculares" (BRA), direção André Pellenz

2020_trilha sonora do longa "A Quem Interessa a Ignorância" (BRA), direção de Alexandre Carvalho

2019_trilha sonora do filme "Kids and Glory" (CHINA), direção de Tiago Arakilian

2019_lançamento de disco "Pelas Esquinas", Caio Marcio Santos e Jean Charnaux

2018_trilha sonora do curta "Mía"(USA), direção Foster Wilson

2018_Lançamento do disco "Tonalidades" (Rio Jazz4)

2017_conclusão dE mestrado na UNI-RIO,

2017_trilha sonora do filme "Antes Que Eu Me Esqueça" (BRA), dirigido por Tiago Arakilian (Fox FIlms International, Globo FIlmes)

2016_trilha sonora para o documentário Rio Náutico (BRA), SPORTV

2015_prêmio Funarte de Composição Clássica

2013_lançamento de disco "Rio Jazz4"

2013_trilha sonora do curta “O Lenço Manchado de Vermelho” (BRA) direção Jess Weiss, Festival de Cannes Official Selection.

2012_lançamento de disco "Rio Vermelho e Azul"

2012_trilha sonora para o filme “Historias de Alice” de Oswaldo Caldeira (Brasil, Portugal) (2016)